A evolução da palavra evolução

Eu já fui muito mais chato e intransigente em relação às vicissitudes dos nomes e das palavras; poderia até dizer que eu me comportava como um “purista da língua”, coisa que hoje em dia acho uma bobagem. Devo essa mudança à minha mulher e à leitura de Steven Pinker. Continuar lendo

Anúncios