Parando aos poucos: segunda sem carne

Na postagem em que discuti o vegetarianismo, o sofrimento animal e a devastação ambiental, eu argumentei que, para aqueles que não conseguem (por suas razões particulares) deixar de comer carne, reduzir o consumo já é uma boa contribuição. Essa é a idéia da “Meat free Monday“, criada por Paul McCartney.  No Brasil, a campanha é chamada de “Segunda sem carne”:

Um sétimo (14 por cento) dos dias sem comer animais já é uma boa contribuição para a redução da devastação ambiental e do sofrimento animal. E é um começo.

I have no doubt that it is a part of the destiny of the human race, in its gradual improvement, to leave off eating animals, as surely as the savage tribes have left off eating each other….
Henry David Thoreau

Um comentário sobre “Parando aos poucos: segunda sem carne

  1. Oi Geraldo! É isso aí, precisamos falar sobre vegetarianismo sem preconceitos, afinal, com esta dieta ou filosofia, todos ganham!
    Nosso discurso tem que começar a ter coerência com as nossas práticas. Se queremos paz, nao é praticando uma violencia diária contra seres indefesos e vulneráveis que a conseguiremos. Abç

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s